Outubro Rosa: Mitos e verdades sobre o câncer de mama

Saúde

No  mês de Outubro, a campanha “Outubro Rosa”, que estimula a população a dar uma atenção maior ao controle e a prevenção do câncer de mama, ganha força e impacta grande parte da população. O movimento, nascido na década de 1990, permanece ativo até hoje através do compartilhamento de informações para conscientizar a população mundial sobre a doença, proporcionar acesso aos serviços de diagnóstico e tratamento, com a intenção de reduzir a mortalidade.

Tv Catia Fonseca Outubro Rosa: Mitos e verdades sobre o câncer de mama

 

Neste mês, muitas ONGs, empresas e coletivos de saúde, estimulam a criação de eventos técnicos, debates e conversas sobre o tema, entre outras ações, para incentivar mulheres  a prevenir e detectar precocemente a doença.  É importante dedicar uma atenção maior a sua saúde, realizar os exames no tempo estabelecido pelo seu médico e não resistir se houver algum sintoma.

 

VEJA TAMBÉM: Pintas por Dra. Denise Steiner

 

 

O laço cor-de-rosa simboliza a união e a integração da população no movimento ao redor do mundo. Em meio a tantas histórias de superação, aproveite o outubro rosa para se informar! Confira alguns mitos e verdades sobre a doença que separamos para você:

Mito – A prótese de silicone impede a realização do exame de mamografia?

Não. Caso você tenha colocado a prótese, é possível realizar o exame normalmente e diagnosticar a doença. Em alguns casos específicos o médico pode solicitar outros exames para complementar a mamografia, como ressonância ou ultrassonografia.

Tv Catia Fonseca Outubro Rosa: Mitos e verdades sobre o câncer de mama

Mito – A realização do auto exame substitui a mamografia

De modo algum. Palpar os próprios seios é uma medida importante que deve ser realizada todo mês para certificar que nada de diferente tenha aparecido na região. No entanto, o auto exame detecta apenas nódulos palpáveis já associados a um câncer de mama mais avançado.

O exame de mamografia possibilita o diagnóstico de nódulos menores, quando a doença ainda não esta avançada.

 

VEJA TAMBÉM: 5 dicas para se proteger de doenças sexualmente transmissíveis e ginecológicas com Dr. Claudio Basbaum

 

Verdade – Mulheres que menstruaram cedo na vida estão propicias a ter câncer de mama

Sim. A menstruação precoce indica uma grande produção de hormônios femininos. Quando estimulado desde cedo, o estrogênio estimula a proliferação das células da glândula mamária. Caso uma delas seja cancerosa, as chances aumentam. Já mulheres que têm filhos, apresentam um menor risco de câncer de mama.

a

Verdade –  A amamentação diminui os riscos de câncer de mama?

Sim. Isso ocorre por que durante a amamentação acontece uma redução dos níveis de estrogênio no corpo das mulheres.

 

Aproveite o Outubro Rosa para cuidar de você!