Emagrecimento perigoso com Dra. Rosália Padovani

Saúde

Hormônios da tireoide são utilizados para emagrecimento rápido

tv catia fonseca saúde emagrecimento perigoso com dra rosalia padovani

Em busca do corpo perfeito, algumas pessoas acabam indo além das dietas e das atividades físicas e optam por métodos prejudiciais à saúde. Perder peso rapidamente utilizando remédios que apresentam em suas fórmulas hormônios tireoidianos infelizmente virou prática e cresce a cada dia.

Os hormônios tireoidianos são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento de vários órgãos e tecidos. Também são responsáveis pela regulação do metabolismo e para o equilíbrio da temperatura corporal, razões pelas quais são considerados essenciais para a manutenção da qualidade de vida.



Assim, quando utilizados por uma pessoa cuja glândula tireoidiana não apresenta nenhum tipo de disfunção podem ocasionar uma sobrecarga hormonal, ou seja, uma forma induzida de hipertireoidismo com aceleração no metabolismo, aumento do calor corporal e consequente perda de peso. Por conta disso, algumas pessoas utilizam este recurso a fim de conseguirem um emagrecimento rápido e satisfatório.

VEJA TAMBÉM: Exercício da moda, subir escadas ganha adeptos e vira febre nos grandes centros com Maurício Marteleto Filho

Segundo a endocrinologista Dra. Rosália Padovani, para que a perda de peso seja alcançada são necessárias altas doses de hormônios tireoidianos que, quando em excesso no nosso organismo, podem causar efeitos extremamente nocivos como perda de massa magra, desidratação, taquicardia, agitação, insônia, distúrbios menstruais e psiquiátricos, osteoporose, infarto agudo do miocárdio e em casos extremos, até óbito. Tanto o T4 quanto o T3 (tipos de hormônios tireoidianos) podem aumentar o metabolismo basal (quantidade de calorias que o corpo necessita) em até 40%. Alguns pacientes chegam a relatar perda média de 5 quilos do peso em um ano.



“Tomar o hormônio tireoidiano não deve ser considerado uma solução mágica para perda de peso devido aos graves efeitos colaterais que podem causar quando ingeridos de forma inadequada e sem necessidade. O melhor caminho é atingir um metabolismo equilibrado através de uma dieta balanceada e da prática regular de exercícios físicos”, alerta a especialista.