Wolf Maya fala sobre aposentadoria das novelas da Globo e explica motivo o que fez desistir de tudo

O diretor Wolf Maya se aposentou e não dirige mais as novelas da Globo. (Foto: Reprodução)

Wolf Maya não está mais trabalhando como diretor de novelas da TV Globo. Considerado um dos melhores na área, Wolf, de 65 anos, explicou em entrevista para o programa TV Fama, da RedeTV, o motivo que o fez deixar a função de importante valor na emissora carioca.

Como diretor ele estreou em 1981 na novela Ciranda de Pedra e não parou mais. Em 1994 comandou o sucesso A Viagem, em 2004 foi a vez da novela Senhora do Destino e em 2006 comandou a novela das sete Cobras & Lagartos. Como ator esteve Mulheres de Areia, Senhora do Destino, Fina Estampa e encerrou em Amor à Vida, trama de 2013. Como diretor foi mais tarde, em 2015, com a novela I Love Paraisópolis.

O ator e diretor Wolf Maya. (Foto: Reprodução)

Já passei da idade. O diretor tem que fazer novela até os 50 anos. Porque mata a novela. Você grava 12 horas por dia. Acorda 5h da manhã para pegar o sol. Eu só faço isso agora em cinema, porque são só dois meses. Novela são dois anos“, declarou Wolf, que ainda revelou estar cuidando apenas da preparação de atores para a Globo.

WOLF NÃO QUER ATUAR NUNCA MAIS E FALA SOBRE CONVITE DA RECORD

Eu nunca sai da TV Globo na verdade, eu só mudei o meu processo de não fazer mais novelas. Eu acho que tem uma galera jovem espetacular fazendo novela, acordando às seis da manhã e dormindo de madrugada e que eu não quero mais isso“, disse.

Mas eu continuo junto com um processo de formação da Globo em parceria com a minha escola, eu ajudo a formar profissionais para a TV Globo, continuo frequentando a Globo de uma forma geral, meus melhores amigos estão lá, sou solicitado como consultador as vezes, tenho compromisso de não fazer outra TV aberta...”, contou.

Sobre convite da TV Record: “Eu até adoro a Record, acho o maior barato. É fundamental que ela faça muito sucesso, mas TV aberta não. Topo fazer TV fechada, mas TV aberta eu já dei a minha contribuição“, concluiu.