Túnel com nome de filho morto de Cissa Guimarães desaba no Rio, atinge veículo lotado e vídeo do exato momento é divulgado

Cissa Guimarães e Rafael Mascarenhas (Foto: André Muzell/ AgNews - Reprodução)
Cissa Guimarães e Rafael Mascarenhas (Foto: André Muzell/ AgNews – Reprodução)

Um acidente no Túnel Acústico Rafael Mascarenhas aconteceu na Gávea, Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (17). O local leva o nome do filho da atriz  da Globo Cissa Guimarães, que foi morto atropelado por um carro enquanto andava de skate, em 20 de julho de 2010, teve parte do teto desabada.

De acordo com o G1, o Túnel Acústico e Avenida Niemeyer estão fechados e a cidade está em estado de atenção. Um ônibus foi atingido pelo desabamento, mas, felizmente, não houve feridos. Os bombeiros vasculharam o local e concluíram que tudo aconteceu por causa de um deslizamento de terra pela chuva forte que acontece na capital carioca.

O Centro de Operações determinou que o Rio está em situação preocupante, já que mais cedo uma pessoa morreu em um acidente no Túnel Rebouças, que já havia deixado o trânsito complicado na região que liga a zona norte à zona sul.

Acidente no Túnel Rafael Mascarenhas (Foto: Divulgação/TV Globo)
Acidente no Túnel Rafael Mascarenhas (Foto: Divulgação/TV Globo)

O Túnel Rafael Mascarenhas faz parte do sistema Zuzu Angel – estilista que também morreu em um acidente de carro no Rio. Além de conectar as zonas sul e oeste do Rio, a região é conhecida por concentrar universidades, como a PUC Rio, e a Rocinha, uma das maiores comunidades cariocas.

Para quem não se lembra, recentemente, Rafael Bussamra, responsável pelo atropelamento e morte de Rafael Mascarenhas filho da apresentadora da Globo Cissa Guimarães, recebeu uma nova sentença da justiça. O acusado até então cumpria pena três anos e seis meses de prisão no regime semiaberto, prestando serviços a comunidade.

Agora, graças ao recurso especial, essa conversão da pena foi suspensa e Rafael Bussamra deverá cumprir a pena em regime fechado. O jugamento atende a um recurso especial do Ministério Público do Rio de Janeiro. O pai de Rafael,  Roberto Bussamra, também terá que cumprir a pena de três anos e 10 meses em regime semiaberto, ele responde por corrupção ativa, por tentativa de suborno de policiais.

O filho de Cissa Guimarães foi atropelado em 2010 enquanto andava de skate no Túnel Acústico, que estava fechado para carros. Rafael Bussamra participava de um ‘pega’. E seu pai foi acusado de subornar os policiais para livra-lo o flagrante.

CISSA COMENTA TRAGÉDIA 

No ano passado, durante entrevista para à revista Ela, Cissa Guimarães acabou relembrando a situação envolvendo a morte do filho, Rafael Mascarenhas, e comentou o que a ajudou a atravessar esse momento difícil. No início da conversa, Cissa Guimarães falou sobre o espetáculo Doidas e Santas que voltará a entrar em cartaz e já foi visto por mais de 300 mil pessoas.

“Não esperava que isso fosse acontecer. Comecei a idealizar o projeto no fim de 2008. Tinha acabado de completar 50 anos e quis falar sobre essa nova mulher, que chega a essa idade com passado e muito futuro. Foi a primeira vez em três décadas de teatro que produzi uma peça. Fiz do meu jeito e com quem eu queria”, explicou ela.

A apresentadora falou ainda que a peça Doidas e Santas foi fundamental para seguir em frente depois da morte de Rafael Mascarenhas. “Em julho aconteceu a passagem do Rafa. Voltar para o palco fez com que eu continuasse a respirar. Essa peça salvou a minha vida. No começo da temporada, a Josie Antello engravidou, e nasceu meu afilhado, que ganhou o nome de Rafael”, disse ela.