Sérgio Chapelin é tirado da Globo, conta apelo da emissora e dá veredito sobre Sandra Annenberg fica no lugar dele

Sérgio Chapelin deixa o comando do Globo Repórter e Sandra Annenberg assume o programa ao lado de Gloria Maria (Foto: Reprodução/Globo)
Sérgio Chapelin deixa o comando do Globo Repórter e Sandra Annenberg assume o programa ao lado de Gloria Maria (Foto: Reprodução/Globo)

Sérgio Chapelin do Globo Repórter está de saída do jornalista e agora, antecipa o que achou da decisão da emissora e a troca dele por Sandra Annenberg.

Sérgio Chapelin que estava há 23 anos no comando do Globo Repórter está de saída do jornalístico e teve a aposentadoria dele apressada pela emissora carioca, que resolveu colocar o jornalista de escanteio após uma grande dança das cadeiras com a ida de Maju Coutinho para o Jornal Hoje e a saída de Sandra Annenberg do telejornal.

 

Agora, em entrevista para o site Notícias da TV, do jornalista Daniel Castro, Sérgio Chapelin falou pela primeira vez sobre a saída antecipada dele da Globo. O jornalista que tem contrato com o canal até dezembro, não ficou surpreso com a antecipação da aposentadoria dele agora para setembro, quando o Globo Repórter terá assumido por Sandra Annenberg e pela jornalista Glória Maria. S

Sérgio Chapelin ainda alega que sabe o que o tempo dele passou e que essa renovação seria natural, e que por sinal, ele seria o próximo a passar por isso na Globo. Segundo o jornalista, ele mesmo havia pedido aposentadoria no canal, mas a direção da Globo teria pedido para ele ficar um pouco mais na atração. O jornalista antecipa o que pretende fazer depois de parar de trabalhar, ele diz que ainda vai precisar se acostumar a nova rotina, mas que tem certeza de uma única: “que não querer ler mais textos ou fazer locuções”.

O âncora do Globo Repórter também foi questionado sobre o que acha de Sandra Annenberg assumir o lugar dele no comando da atração. Para Sérgio Chapelin, ela é uma jornalista experiente, uma fera como ele define, assim como Gloria Maria. Ou seja, segundo o jornalista o programa está ficando em ótimas mãos.

Para quem não sabe, Sérgio Chapelin comandou o Jornal Nacional ao lado de Cid Morreira até 1996, quando foi direcionado para o Globo Repórter no qual permaneceu até os dias atuais.

Ainda falando das trocas da Globo, o TV Foco antecipou aqui também com exclusividade que a decisão da emissora em trocar Sandra Annenberg por Maju Coutinho no comando do telejornal, não foi bem aceita pela produção do telejornal.

Glória Maria e Sérgio Chapelin apresentam a Retrospectiva 2017 (Foto: Globo/Paulo Belote)
Glória e Sérgio Chapelin apresentam o Globo Repórter.
(Foto: Globo/Paulo Belote)