Segundo Sol: Ícaro e Beto voltam para Boiporã e são espancados brutalmente por três jagunços

 Ícaro em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

Ícaro (Chay Suede) e Beto (Emilio Dantas) decidirão inocentar Luzia (Giovanna Antonelli) das acusações de assassinato a qualquer custo em Segundo Sol, mas para isso, precisam encontrar a falsa testemunha que depôs contra ela no passado. Confiantes, eles partem para Boiporã para descobrir o paradeiro do homem.

Eles partem para a casa de Cacau (Fabíula Nascimento), que identifica o homem pelas fotos: “É esse. Esse é o desgraçado que mentiu no julgamento de Luzia”. “É esse mesmo. Tá dizendo aqui que ele ainda mora em Boiporã! Vim aqui só pra ter certeza absoluta! Vamo atrás dele, Ícaro?”, chama. “Agora”, responde.

 Já em Boiporã, Beto sai perguntando às pessoas se elas conhecem o homem pela foto. Em uma das paradas, no barzinho do local, o garçom comenta: “Eu sei quem é, sim! É um homem que sai pouco de casa, não conversa muito com ninguém”. Ele explica onde fica a casa do sujeito e os dois correm até lá.

“Belmiro, você tá aí? Eu quero conversar com você, é algo de seu interesse!”, grita Beto, mas quem aparece é Dalva, mulher da falsa testemunha, que os deixa entrar. “O que cês vieram fazer atrás de mim, na minha casa?”, questiona Belmiro, que assoa o nariz e é possível ver que escorre sangue pelo lenço.

“Seu Belmiro, eu vim aqui porque eu tô precisando de uma informação. Eu gostaria de saber se o senhor testemunhou num julgamento que condenou uma mulher aqui de Boiporã… Luzia é o nome dela, Luzia Batista. O senhor se lembra?”, questiona Beto. “Não lembro de nada disso”, rebate o homem.

“Olhe, seu Belmiro, não me leve a mal, mas a gente sabe que é o senhor! A gente reconheceu de uma foto, na hora que o senhor apareceu na porta. O senhor testemunhou dizendo que viu minha mãe empurrar meu pai lá do mirante! E isso não é verdade! O senhor não pode ter visto”, diz Ícaro.

Ícaro (Chay Suede) e Beto (Emilio Dantas) em Segundo Sol (Foto: Reprodução/Globo)

 Ícaro (Chay Suede) e Beto (Emilio Dantas) em Segundo Sol
(Foto: Reprodução/Globo)

“Quem foi que quis que o senhor desse esse falso testemunho?”, questiona Beto. “Agora o senhor tá começando a me ofender! Eu não lhe dou o direito de vir até minha casa me cobrar por uma coisa que eu não fiz! Vão embora daqui!”, grita o homem, bastante nervoso, tendo uma crise de tosse.

“Vão embora, pelo amor de Deus! Cês não tão vendo que meu marido é um homem doente!? Ele não pode passar nervoso assim”, ordena a mulher. “Eu entendo, mas a gente precisa de um novo depoimento, e dessa vez, sem mentira”, diz Beto, que é surpreendido com uma arma na mão do homem, sob ameaças.

“Calma, seu Belmiro! Não vai fazer nenhuma besteira que o senhor vai se arrepender depois”, pede Ícaro. “Se vocês insistirem nessa história, cês vão pagar caro! Fora daqui! Os dois!”, ordena. Eles deixam o local, mas Beto diz que permanecerá em Boiporã até arrancar uma confissão do homem.

No dia seguinte, pela manhã, Ícaro vê a mulher de Belmiro e tenta iniciar uma nova conversa; “O depoimento de seu marido, há anos atrás, fez minha mãe ser condenada por um crime que ela não cometeu”, pede. Ela diz que já sabe de toda a história e o filho de Luzia implora a sua ajuda.

“A vida da minha mãe depende de um novo depoimento de seu marido! Então a gente não vai embora daqui enquanto não conseguir isso”, anuncia, sendo surpreendido por Belmiro com mais dois homens: “Eu não falei pra vocês irem embora daqui? Que cês tão fazendo atrás de minha mulher, aqui no meio do nada?”.

“A gente só tava conversando com ela! Eu tô pedindo a ajuda de sua mulher pra convencer o senhor a mudar o seu testemunho”, diz. “Acho que o menino tem problema mental! Já falei mais de dez vezes. Será que a gente vai ter que dar uma pisa nele pra ver se ele entende?”, questiona.

Beto Falcão (Emilio Dantas) em cena de Segundo Sol (Foto: Reprodução)
Beto Falcão (Emilio Dantas) em cena de Segundo Sol (Foto: Reprodução)

“Só se for por cima do meu cadáver! Ninguém encosta no meu filho”, rebate Beto, quando os três avançam para cima dele e taca um murro em sua cara. Beto cai no chão e tem a barriga chutada, enquanto Ícaro tenta defender, mas também leva um soco, perde o equilíbrio, e os dois apanham brutalmente.

Beto segue apanhando e tenta proteger a cabeça. Ícaro ainda luta com toda a sua força e tenta uns socos em um dos homens, mas pouco o atinge, e depois de uma grande surra, Belmiro questiona: “Você vai continuar amolando minha família?”. “Vou! Vou continuar sim!”, dispara Ícaro, chorando.

“Eu não vou arredar pé daqui até você mudar o seu depoimento! Ou você me mata! Me mate logo! Me bata mais, mas bata mesmo, até me matar! Porque a vida de minha mãe depende disso e eu não vou deixar ela voltar pra cadeia por um crime que ela não cometeu”, esbraveja.

“Seu Belmiro, eu sei que o senhor é pai! Imagine como seria o senhor ser impedido de ver seu filho, pra sempre, por uma coisa que o senhor não fez! Isso não é justo! Olhe pra seu filho! Olhe pra sua mulher! Já imaginou ficar sem eles, pro resto de sua vida, por uma mentira de uma outra pessoa?”, questiona Beto.

“Já pensou sacrificar uma vida inteira de uma criança por uma mentira? Pois é isso que o senhor tá fazendo comigo! O senhor ajudou a desgraçar a vida de uma família inteira”, diz Ícaro, deixando Dalva comovida. “Belmiro, meu véio, escute o menino! Vamo acabar com esse sofrimento todo”, pede a mulher.

“Você tá doente, devia fazer uma coisa boa antes de morrer! Por nosso filho, Belmiro! Mostre que você é um bom homem”, implora ela, na cena que termina com a indecisão de Belmiro. A sequência vai ao ar no dia 21 de agosto em Segundo Sol.