Segundo Sol: Cacau humilha Edgar e o deixa de quatro na frente de Roberval

 Cacau e Roberval em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

A personagem Cacau (Fabiula Nascimento) verá o seu mundo cair depois que Edgar (Caco Ciocler) preferir ficar com o emprego que Roberval (Fabrício Boliveira) do que com ela em Segundo Sol. Revoltada, a moça o humilha e joga as suas roupas na calçada no capítulo que irá ao ar na segunda quinzena de agosto.

“Um tapa é pouco pra você! Como é que eu pude ser tão idiota de lhe dar uma segunda chance? Eu já sabia que você era um babaca mimado, egoísta! Como eu fui burra”, lamenta ela, que o humilhará na frente de Roberval, jogando as suas roupas na calçada, depois de jogar toda a verdade na sua cara.

“Do que você tá falando?”, pergunta. “Você não é um homem, Edgar! Você é um… Eu não sei o que você é”, rebate ela. “Pare com isso! Cê ficou louca? Que reação é essa? Se acalme, mulher! Você tá exagerando tudo! Eu não disse nada! Só disse que era melhor a gente dar um tempo de morar juntos”, diz ele.

“Como você pode ser tão nojento? Eu tenho vontade de vomitar! Não me chame de meu amor! Seja homem uma vez na vida! Assuma o que você fez. Roberval fez você escolher entre ficar comigo ou ficar com seu emprego. E você escolheu seu emprego”, dispara ela.

 Edgar e Roberval em Segundo Sol (Foto: Reprodução)

“Como eu fui ingênuo. É claro que o Roberval lhe disse…”, se revolta ele, dizendo que só queria ganhar tempo para ver o que faria. Ela, no entanto, retruca: “Você tá mentindo! Se isso fosse verdade você teria falado comigo antes! Por que você fez isso, Edgar?”.

“Porque eu sabia que você não ia topar! O Roberval…”, diz ele. “O Roberval, nada! Ele foi diabólico, mas você que fez a sua escolha! Você é um homem frouxo, Edgar, de caráter duvidoso! Saia de minha frente, saia! Saia de minha casa, agora!  Roberval tem razão em lhe chamar de bosta”, acusa!

“Você é um merda! É um rato insignificante! Saia daqui”, xinga ela, que joga tudo que é dele na calçada e ele ficará de quatro, pegando as coisas. Imediatamente, Roberval aparece em seu carro e oferece uma carona, mas sai debochando da cara do irmão de sangue. A partir daí, Cacau se reaproxima de Roberval.