Repórter agredido ao vivo corre risco de vida e passará por cirurgia de emergência

O repórter Juan Manuel Jiménez terá que passar por uma cirurgia (Foto: Reprodução)
O repórter Juan Manuel Jiménez terá que passar por uma cirurgia (Foto: Reprodução)

Depois de uma agressão sofrida durante uma transmissão ao vivo, o repórter Juan Manuel Jiménez terá que passar por uma cirurgia

O repórter Juan Manuel Jiménez, da emissora adn 40, passou por uma situação bem desonesta. Enquanto ele estava fazendo uma transmissão ao vivo de um protesto contra a violência de gênero no México na sexta-feira (16), ele sofreu uma agressão no momento que estava desprevenido e levou um soco.

Juan já vinha sendo agredido por muitos manifestantes, e até tinha levado alguns empurrões de um jovem que estava de rosto coberto, mostrando o clima bem tenso dos presentes no local.

Mas em determinado momento, um homem de boné chega perto do repórter e quando está ao seu lado, ele dá um soco com muita força, levando Juan ao chão.

Os outros manifestantes que estavam perto tentaram contê-lo, mas o homem conseguiu fugir. O câmera que estava com Juan ainda conseguiu pegar umas imagens do acusado.

O repórter Juan Manuel Jiménez terá que passar por uma cirurgia (Foto: Reprodução)
O repórter Juan Manuel Jiménez terá que passar por uma cirurgia (Foto: Reprodução)

Depois da situação, o repórter foi encaminhado para o hospital e na tarde da segunda-feira (19), o perfil da adn 40 no Twitter relatou que ele vai ter que passar por uma cirurgia por conta da gravidade da agressão que recebeu durante o protesto.

O perfil oficial de Juan Manuel Jiménez, retweetou uma mensagem publicada por Luciano Pascoe, que é o diretor-geral emissora, onde ele diz: “Suas lesões requerem cuidados maiores e ele será submetido a uma cirurgia nas próximas horas”. Agora é só esperar e torcer para que o repórter consiga se recuperar.