O Sétimo Guardião: Machado é desmascarado por Mirtes, se isola e aparece morto

Machado (Milhem Cortaz) em cena de O Sétimo Guardião (Foto: Reprodução/Globo)
Machado (Milhem Cortaz) em cena de O Sétimo Guardião
(Foto: Reprodução/Globo)

Delegado Machado (Milhem Cortaz) será desmascarado por Mirtes (Elizabeth Savala) em O Sétimo Guardião e humilhado na frente de todos em Serro Azul. Envergonhado, ele se isolará na delegacia e aparecerá morto por um assassino misterioso.

Na escadaria da Igreja, a falsa beata revelará o segredo. “Vive aqui, no meio das pessoas decentes, um cidadão proeminente que usa roupa de baixo feminina! Não sutiã, porque peito ele não tem, mas tem traseiro… Que ele esconde dentro de calçolas ou, mais precisamente… Calcinhas!”, dirá ela.

Mirtes continuará: “Quem é este desviado este… Transveado? Eu vos digo: trata-se da autoridade policial máxima deste lugar… O Delegado!!!! Isso mesmo, o sr. Joubert Machado que, com este seu vício, esta sua tara, desonra nossa cidade!”.

O delegado, que estará na praça da cidadezinha, reagirá em pânico, mas negará tudo. Machado, no entanto, será humilhado pelo povo, que pedirá em coro que ele abaixe as calças para provar que não usa calcinha.

Acuado, ele sairá correndo, se trancará na delegacia e não atenderá nem a esposa, Rita de Cássia (Flávia Alessandra). O delegado passará uma noite trancado em seu gabinete e aparecerá morto quando sua mulher e Peçanha (Felipe Hintze) invadirem o local atrás dele.

“Peçanha entra com Cássia atrás dele e… O Delegado está estendido no chão, morto, com um fio de sangue escorrendo da boca. Em sua camisa – altura do coração – preso com um alfinete, um papel dizendo: ‘Este é o primeiro. Faltam seis!’”, descreve o roteiro da novela das nove da Globo.

As cenas vão ao ar a partir do dia 28 de março em O Sétimo Guardião.

MIRTES IMITA MINISTRA DE BOLSONARO

Mirtes (Elizabeth Savala) em O Sétimo Guardião e a ministra Damares Alves (Foto: Reprodução/Globo/Montagem)
Mirtes (Elizabeth Savala) em O Sétimo Guardião e a ministra Damares Alves
(Foto: Reprodução/Globo/Montagem)

Mirtes (Elizabeth Savala) vai imitar a ministra de BolsonaroDamares Alves, em O Sétimo Guardião. Nos próximos capítulos, a falsa beata de Serro Azul repetirá a frase polêmica dita pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, que declarou que “meninos vestem azul e meninas vestem rosa”.

A sequência terá início quando Mirtes invadir a casa de Machado (Milhem Cortaz), que tem fetiche em usar calcinha. “Fui nomeada por Deus para lutar contra o pecado. E o do seu marido é gravíssimo! A lei divina é bem clara: homens vestem azul e mulheres vestem rosa”, gritará Mirtes, deixando Rita de Cássia (Flávia Alessandra) apavorada.

A falsa beata perguntará pelas calcinhas e Rita de Cássia tentará desconversar. “Calcinhas? Desde quando minhas calcinhas lhe interessam?”, questionará ela. “Não são as suas, são as do seu marido! Onde estão?”, rebaterá Mirtes.

Nervosa, a mulher do delegado se fará de desentendida: “Desculpe, mas o que o Joubert tem a ver com as calças… Quer dizer: com as calcinhas? Do que a senhora está falando?”.

“Da perversão do seu marido! Dessa mania dele de usar roupa íntima feminina! Uma pessoa tão doente não tem moral para ser autoridade. Ou você acha isso normal? Se acha, é tão doente quanto ele”, vai disparar a personagem de Elizabeth Savala.

Na sequência, as duas vão começar a discutir e Machado ficará assustado ao chegar e ver o bate-boca.”Só vim dar um recado ao seu marido. Não faz cara de inocente, já sei que foi você! Você sabe, seu pervertido! Dupla pecaminosa! Nesta cidade, não tem lugar pra vocês. Podem arrumar a trouxa. Vão sair daqui com o rabo entre as pernas… Vou expulsar os dois, como o Senhor fez com Adão e Eva”, gritará Mirtes.

Depois que a religiosa sair, Rita de Cássia contará ao marido que a falsa beata sabe de seu segredo e ele ficará apavorado.”Vai ser a minha desgraça”, dirá o delegado, tenso.