O Outro Lado do Paraíso ‘O Outro Lado do Paraíso’: Lívia alerta Clara sobre golpe de Renato

O Outro Lado do Paraíso - Clara e Livia (Reprodução/TV Globo)     O Outro Lado do Paraíso – Clara e Livia (Reprodução/TV Globo)

Em O Outro Lado do Paraíso, Lívia (Grazi Massafera) vai ficar desesperada quando souber que Renato (Rafael Cardoso) vai se casar com Clara (Bianca Bin).

De acordo com o Notícias da TV do colunista Daniel Castro, Lívia vai pressionar Renato. “Às vezes, cê falava em pegar a guarda do menino pra mim e pra você. E agora, vai querer a guarda? Que é pra ficar com as esmeraldas”, vai disparar a irmã de Gael (Sérgio Guizé), um dia antes de o vilão ser desmascarado.

VEJA TAMBÉM: SORVETE DE PITAIA 

Renato vai falar que só quer ser feliz. Lívia vai ameaçá-lo, dizendo que tem coisas contra ele. “”Fui casada com você muitos anos. Mesmo assim, nunca consegui ver no fundo dos teus olhos. Tem uma sombra. Cê não vai tomar o meu filho. Tá avisado. Tenho coisas contra você. Tenta tirar o Tomaz de mim e cê vai saber”.

Ela, então, terá coragem de ir à casa de Clara. “Tem ideia de quem é o homem com quem tá se casando? Eu fui casada com ele muitos anos. Não tenho nenhum motivo pra ser tua amiga. Mas eu conheço o Renato. Eu sei exatamente qual é o plano dele”, dirá.

“Cê tá cega em relação ao Renato. Ele só casou comigo por causa das esmeraldas. Durante o casamento, ele insinuava que a guarda do Tomaz devia ser minha e dele. Entende? Ele queria botar o Gael de escanteio. Tirar a guarda da minha mãe.”

Clara argumentará que o médico gosta de seu filho de verdade.”Não nego. E o Tomaz, dele. Tanto que às vezes chamava ele de pai. Mas o Renato não é ingênuo. Ele sabia que se tomasse a guarda do menino, as esmeraldas viriam junto”, insistirá Lívia. Ela contará que Renato sempre planejou ter a guarda de Tomaz.

Clara dirá a Lívia que o que ela mais quer é ter a guarda do filho de volta e que Lívia já aprontou demais come ela.

Lívia dirá a Clara: “Não quer me ouvir? Vim te avisar. Mais tarde, vai se lembrar das minhas palavras”.