Mônica Martelli revela que filha encontrou vibradores eróticos em seu quarto; saiba como ela reagiu e se explicou

Monica e sua filha na praia. Foto – divulgação.

A atriz Mônica Martelli revelou em entrevista ao Extra que passou por uma mega saia-justa quando sua filha encontrou os seus vibradores e a perguntou o que eram aquelas peças, digamos, roliças e compridas.

“Cara, ela encontrou no meu quarto! Eu falei que era pra fazer massagem aqui, ó, nas cordas vocais (risos): ‘Mamãe trabalha com a voz e precisa massagear’ ” — aponta para o pescoço, relembrando a cena, aos risos.

Mesmo sendo feminista, ela confessa que hoje aos 51 anos não tem problema em deixar o cara a pedir em namoro: “Gente, esse período em que a gente não sabe se já está namorando ou não é um inferno! É horrível para quem é analisada há 25 anos como eu, para quem não é… É assim desde que eu tinha 15 anos e hoje em dia. Já pedi o cara em namoro? Já. Mas nas duas vezes em que tomei a iniciativa, assustei”.

“Então, finjo que ele está no controle e deixo. Eu tenho 50 anos e me relaciono com homens que ainda carregam algo machista porque somos todos vítimas de uma sociedade construída nesses moldes. Então, deixo eles se sentirem machos nesse sentido”.

“Hoje, não penso em dividir um teto. Quero é namorar! Adoro! Gosto de estar apaixonada, sentir amor, sair do evento e falar: ‘Oi, amor. Saudade. Te amo’. Mas dividir o mesmo banheiro e a mesma casa eu não sei se estou a fim. Acho que no futuro a gente vai arrumar outras formas de casar”.

“Será que vai ser morando junto mesmo? Não sei. De repente não é. Ao longo dos anos, as coisas mudam. Se a gente falasse 50 anos atrás: ‘No futuro, ninguém mais vai casar virgem’. Alguém ia acreditar? Daqui a 40 anos também creio que não vá mais existir essa coisa de hétero e homossexual, não. A gente vai amar pessoas, independentemente de seu gênero”.

Monica e sua filha, Julia. Foto – divulgação.