Kamylle Marinho morre aos 16 anos após relatar luta contra câncer raro

Kamylle Marinho (Foto: Reprodução)

A digital influencer Kamylle Marinho morreu aos 16 anos, na noite de quinta-feira (3), após dois anos lutando contra um sarcoma de ewing no retroperitônio, câncer nos ossos que atinge principalmente crianças e adolescentes. Sua mãe, Paula Marinho, foi quem deu a notícia em suas redes sociais.

“Em respeito a todos vocês que oraram, torceram, ajudaram… Tiro minhas últimas forças para vir até aqui informar a todos que parte de mim se foi. Deus me deu, Deus tirou. Se vou entender os propósitos de Deus?  Não sei! Talvez um dia… Só sei que ela será sempre luz e, que a lembrança do seu sorriso, fé, amor e força me sustentará”, escreveu.

A jovem tinha mais de 240 mil seguidores no Instagram e mostrava sua luta contra o câncer desde 2016. Recentemente, ela havia aparecido com o namorado, Enzo Bremer, e escreveu: “Na alegria e na tristeza, te amo”. “Você me ensinou a viver, a sonhar, a sorrir, a amar, a ter paciência”, escreveu ele, após a triste notícia.

“E hoje, vejo que cada ensinamento vai me servir de ajuda para manter minha vida sem você. É muito dolorido ver você partir. Você me preparou para esse momento sem que eu percebesse. Mesmo sabendo que pudesse não acontecer, você veio como um anjo da guarda, me salvar de novo”, disse o namorado de Kamylle Marinho.

“Infelizmente nossos planos de casal não vão ser realizados, mas o seu plano eu vou fazê-lo acontecer, de viver. Vou viver um dia após o outro, assim como você me ensinou. Amando hoje, sorrindo hoje, vivendo o HOJE. O último ‘Eu te amo’ que você disse foi sussurrando no meu ouvido. E eu vou guardar sua voz pra sempre no meu coração. Eu vou te amar eternamente”, completou.

 

View this post on Instagram

 

Você me ensinou a viver, a sonhar, a sorrir, a amar, a ter paciência. E hoje, vejo que cada ensinamento vai me servir de ajuda para manter minha vida sem você. É muito dolorido ver você partir. Você me preparou para esse momento sem que eu percebesse. Mesmo sabendo que pudesse não acontecer, você veio como um anjo da guarda, me salvar de novo. Infelizmente nossos planos de casal não vão ser realizados, mas o SEU PLANO eu vou fazê-lo acontecer, de viver. Vou viver um dia após o outro, assim como você me ensinou. Amando hoje, sorrindo hoje, vivendo o HOJE. O último ” Eu te amo ” que você disse foi sussurrando no meu ouvido. E eu vou guardar sua voz pra sempre no meu coração. Eu vou te amar eternamente. ❤ @_kamymarinho

A post shared by Enzo Bremer R. Santos (@enzobremer) on Jan 3, 2019 at 5:56pm PST

Kamylle Marinho estava na UTI desde o dia 19 de novembro, quando disse: “Passei um tempo em coma induzido e por isso eu não estava respondendo as mensagem que me enviavam e agora que acordei da sedação, posso prosseguir dando notícias a vocês. Obrigada todos que enviaram mensagem perguntando como eu estava, preocupados e orando por sempre por mim! Oremos”.

“Cheguei do centro cirúrgico chorando a nível de pensar que não iria suportar tanta dor. Não conseguíamos posição pra cabeça, qualquer movimento doía muito. Eu só orava pra dormir, dormir pro tempo passar mais rápido, pra não ter tempo de pensar em besteira,sabe!?”, lamentou Kamylle Marinho, na ocasião.

“O pensamento no momento era de que nada iria passar e eu ia ficar ali pra sempre, na mesma posição, morrendo de dor… Menos de 48 horas eu conseguir sentar e levantar da cama. Consegui pq acreditei que seria possível, acreditei em mim. Acreditar que é possível, que eu posso. Acreditar que se eu quero, eu posso. Se você quer, você pode. É preciso acreditar”, finalizou.