Globo produzirá minissérie baseada no primeiro romance de Fernanda Torres

Fernanda Torres é autora de Fim, livro que vai virar minissérie na Globo. (Foto: Divulgação)
Fernanda Torres é autora de Fim, livro que vai virar minissérie na Globo. (Foto: Divulgação)

O volume de produção de séries e minisséries da Globo só aumenta. E dessa vez, a emissora carioca definiu a realização de uma nova obra desse gênero baseada em um livro: Fim, de Fernanda Torres.

De acordo com a colunista Patrícia Kogut, a Globo também já escolheu o diretor que ficará responsável por comandar a produção: Andrucha Waddington, que está em alta na emissora após o sucesso com a série Sob Pressão. Otávio Müller aparece como um dos primeiros nomes confirmados no elenco. O roteiro será assinado pela própria Fernanda, em parceria com Maria Camargo (Dois Irmãos e Assédio). As gravações devem ter início no primeiro semestre do ano que vem.

Lançado em 2013, Fim foi o primeiro romance escrito por Fernanda. O livro narra à história de um grupo de cinco amigos cariocas que rememoram algumas passagens marcantes das suas vidas, como festas, casamentos, separações, manias, inibições e arrependimentos.



MAIS SÉRIES

Conforme informamos, a Globo aprovou recentemente um novo projeto de série, intitulado Segundo Chamada. A trama acompanhará o drama de alunos e lecionadores em uma escola que fica próxima a Central do Brasil, região do Rio de Janeiro. O foco vai ser o ensino noturno para os adultos.

A produção será protagonizada por três professores, e já tem uma atriz definida para um dos papéis principais: Debora Bloch. Afastada das novelas desde 2015, quando fez Sete Vidas, ela gostou da experiência de atuar em produções menores e vem emplacando uma sequência de trabalhos em minisséries e superséries da emissora carioca.

A novidade é que a Globo já definiu a data de estreia da produção: outubro de 2019. A emissora vai realizar gravações na Central do Brasil e seus arredores, mas também irá construir uma cidade cenográfica para a trama. A série terá 12 episódios escritos por Jô Bilac, Julia Spadaccini e Carla Faour, e com direção artística de Joana Jabace.