Globo não usará a “tesoura” na reprise de Cordel Encantado; entenda

Jesuíno e Açucena em Cordel Encantado, que será reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, da Globo. (Foto: Divulgação)

Após uma sequência de novelas das nove, com Senhora do Destino, Celebridade e Belíssima, a direção escolheu a reprise de Cordel Encantado, folhetim das 18h exibida em 2011, para o Vale a Pena Ver de Novo. Procurada pelo TV Foco, a assessoria da emissora confirmou a informação. A previsão é estrear em janeiro.

Escrita por Duca Rachid, Thelma Guedes e Thereza Falcão, com colaboração de Júlio Fischer, Manuela Diase Daisy Chaves, a obra conta a fábula sobre dois universos distintos: o encantamento da realeza europeia e as lendas heroicas do sertão brasileiro. Localizada no Sertão Nordestino, a trama aborda o triângulo amoroso entre Açucena, Jesuíno e Timóteo.

Novela vai substituir Belíssima na faixa de reprises da emissora. (Foto: Divulgação)

De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, do jornal Agora São Paulo, a novela será beneficiada. Com um tema mais leve, já que foi exibida na faixa das seis, a novela não sofrerá com a “tesoura” dos editores. Cordel Encantado, uma das poucas, deve ir na íntegra ao ar.

MAIS SOBRE A TRAMA

Quando exibida originalmente, Cordel Encantado registrou alta audiência. Ao todo, foram 24 pontos de média geral na Grande São Paulo. Em diversos capítulos, a novela chegou aos 30 pontos. No último capítulo, Cordel alcançou 34 pontos e 55% de share.

O folhetim contou com os atores Bianca Bin, Cauã Reymond, Nathália Dill, Jayme Matarazzo, Débora Bloch, Carmo Dalla Vecchia, Maurício Destri e Bruno Gagliasso nos papéis principais.