Globo dá fim a prática conhecida na emissora

Último capítulo de Segundo Sol foi mal no Ibope (Foto: Reprodução/Globo)
Último capítulo de Segundo Sol foi mal no Ibope (Foto: Reprodução/Globo)

A direção da TV Globo vem mudando bastante algumas práticas e métodos aplicados há muito tempo. Uma das coisas que mudou foi a forma como a emissora se relacionava com os seus atores, mantendo apenas com contrato fixo os considerados indispensáveis.

O número de capítulos das novelas também sofreu alteração. As tramas agora possuem um número limite de capítulos e não podem ultrapassar. O que antes chegava até aos 200 capítulos ou mais agora não excedem mais do 150. Os tempos são outros por lá.

Adriana Esteves (Catarina) e Eduardo Moscovis (Petruchio) em cena de O Cravo e a Rosa (Foto: Nelson Di Rago/Globo
Adriana Esteves (Catarina) e Eduardo Moscovis (Petruchio) em cena de O Cravo e a Rosa
(Foto: Nelson Di Rago/Globo)

Segundo Sol, a antecessora de O Sétimo Guardião na faixa das nove da Globo, até ultrapassou os 150 capítulos mas não foi muito além. O novo método não é valido apenas para as tramas da faixa das nove mas sim para as das sete e das seis também. Para se ter ideia a novela Renascer, exibida em 1993, teve 213 capítulos. Já O Cravo e a Rosa, de 2003, fez um enorme sucesso com 221 capítulos.

GLOBO TEM ESTOQUE DE PROJETOS NA GAVETA

Conhecida pelo alto padrão e pelo planejamento a longo prazo, a TV Globo tem um enorme volume de projetos novos na gaveta. O diretor de teledramaturgia Silvio de Abreu é quem decide a ordem das produções e o que será aprovado ou não para ir ao ar.

De acordo com informações da jornalista Cristina Padiglione, do jornal Agora São Paulo, Silvio está acumulando projeto de vários autores para diferentes faixas de horário na emissora carioca. Isso faz parte do novo método da direção do canal.

As novelas que serão exibidas em 2019 pela emissora. (Foto: Montagem/Reprodução)

Já se sabe por exemplo quais serão as próximas novelas para o ano que vem até 2020. No lugar de O Sétimo Guardião, na faixa das nove, já ficou decidido que será exibida a novela Dias Felizes, de Walcyr Carrasco. Logo depois entrará Troia, de Manuela Dias.

Na faixa das sete, com o fim de O Tempo Não Para, entrará Verão 90 e Bom Sucesso. Em exibição as seis, Espelho da Vida vai dar lugar a partir de março para Órfãos da Terra. Depois a Globo já tem a novela Nos Tempos do Imperador, com estreia para outubro, engatilhada.