Globo coloca pastor evangélico no Amor & Sexo e muda o programa radicalmente

Fernanda Lima apresenta o Amor & Sexo na Globo (Foto: Reprodução)

A crise de audiência que o Amor & Sexo vem enfrentando na Globo continua, mas na edição desta semana, que foi ao ar na noite desta terça-feira (5), a emissora exibiu uma atração diferente. O público percebeu algumas mudanças inesperadas, nas quais, entre elas, estava a entrada de um pastor evangélico na bancada.

Henrique Vieira foi anunciado pela apresentadora Fernanda Lima entre o time de jurados e deixou muita gente sem reação. Em uma rápida zapeada pela Globo no horário do programa, pudemos ver que não havia tanta “saliência” quanto nas edições anteriores e que estava tudo mais comedido, sem nudez implícita ou explícita.

As brincadeiras permaneceram, afinal, são elas que definem o título da atração, mas notou-se que a liberdade não estava a mesma de antes. O tema da edição também foi mais leve: a felicidade. Logo de cara, Fernanda Lima perguntou ao pastor desconstruído se podemos esperar a felicidade na terra ou apenas no reino de Deus.

“No reino de Deus já está tudo resolvido. A questão é aqui, agora. Criar condições para que as pessoas sejam livres e tenham acesso aos seus direitos, para que todo mundo possa desfrutar a beleza sagrada da vida”, disparou ele, que foi aplaudido pela plateia do programa.

Pastor evangélico esteve no Amor & Sexo da Globo (Foto: Reprodução)

Em outro momento, ele disse que a “oração da felicidade” é a “que todas as crenças religiosas sejam respeitadas, e até mesmo a não crença religiosa. Que possamos comungar na crença da humanidade, da diversidade do bem comum. Que seja declarada justa toda forma de amor”, disparou.

“Que nenhuma mulher seja alvo do machismo estrutural. Que a juventude negra não seja alvo do extermínio. Que Marias  Eduardas não sejam assassinadas na escola. Que Marquinhos da Maré não sejam assassinados indo para a escola. Que Marieles possam chegar em suas casas em segurança”, disse ainda, entre outros discursos.

Fernanda Lima no Amor e Sexo (Foto: Reprodução/Globo)

Nas redes sociais, sua participação dividiu opiniões. “Deem um prêmio pra esse pastor”, comentou um telespectador. “Eu vivi pra vê um Pastor falando de Jesus no #amoresexo”, comentou outra. “Gente o Pastor Henrique Vieira é um bálsamo de amor e carinho ao próximo. Como é bom ouvir ele falar”, ainda outra.

O programa contou ainda com um tributo a Nelson Mandela, que completaria 100 anos em 2018, se estivesse vivo. “Se libertou das grades da injustiça e democraticamente foi eleito presidente da nação. Assim, transformaria definitivamente o país onde nasceu. Na sua bandeira estava escrito liberdade e igualdade de direitos para todos e todas”, disse Fernanda Lima.

DESABAFO DA APRESENTADORA

Em um lindo discurso, Fernanda Lima não segurou a emoção seus olhos se encherem de lágrimas. “Felicidade não se ganha de mão beijada, também não se conquista à força. Felicidade não cai do céu, nem brota do chão. Felicidade reside dentro e fora de nós mesmos. Felicidade dentro da gente mesmo é estado de espírito”, declarou.

Fernanda Lima emocionada no Amor e Sexo
Fernanda Lima não se contem e chora no Amor e Sexo (Foto: Reprodução/Globo)

“Felicidade fora da gente é justiça e igualdade. Felicidade pode até existir no ouro e na prata, mas ela jamais irá existir sem um prato de comida [voz trêmula], sem a cartilha da escola, sem uma oportunidade de emprego, sem o transporte que o nos leva, sem a saúde que nos socorre, sem a segurança que nos permite ir e vir”, continuou.

“Felicidade é se afetar e se deixar afetar. Felicidade é se importar, é compartilhar, é cooperar. Felicidade não é minha nem sua, é nossa. Felicidade é a construção de relações significativa. Felicidade é cidadania, é estado de direito, é aceitar que não é possível ser feliz sozinho”, completou.