Globo acaba programa histórico por causa do futebol após se dar bem em teste aos domingos

O narrador Galvão Bueno, o maior das narrações no Brasil e na Globo (Foto: Reprodução)
O narrador Galvão Bueno, o maior das narrações no Brasil e na Globo (Foto: Reprodução)

Há algumas semanas, a Globo surpreendeu ao trocar o Faustão pelo futebol; agora, decidiu acabar com um programa clássico

Com os direitos de transmissão exclusivos das principais competições de futebol na TV aberta, incluindo o Brasileirão, a Copa do Brasil e a Libertadores, a Globo resolveu dar prioridade máxima ao futebol na sua grade de programação. Isso fez, inclusive, com que ela extinguisse de uma vez por todas um programa histórico.

Trata-se da sessão de filmes Cinema Especial, que eventualmente era exibida nas noites de quarta-feira para estados em que a emissora não exibia o esporte mais amado pelos brasileiros. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do UOL, duas razões foram determinantes para que a Globo trocasse a sessão pelo futebol de vez.

A primeira delas é a questão comercial. Isso porque quando vai “vender” suas transmissões aos anunciantes, a Globo define uma cota com um número “X” de transmissões de jogos na temporada. Dessa forma, jogos como os da Copa do Brasil e da Libertadores são fundamentais, independente dos times que estão jogando.

A segunda razão é a alta audiência registrada pelo esporte. O Cinema Especial substituia o futebol especialmente em estados que não contavam com nenhum de seus times envolvidos. Em São Paulo, por exemplo, dois jogos recentes provam que o futebol pode alcançar bons números mesmo sem um Corinthians em campo.

Os jogos de futebol exibidos pela Globo devem permanecer no novo horário (Foto: Reprodução)
Os jogos de futebol podem permanecer no novo horário (Foto: Reprodução)

No último dia 7, a transmissão do jogo entre Cruzeiro e Internacional alcançou média de 22,9 pontos contra 12,3 do SBT e 6,8 da Record. Já na quarta-feira, Grêmio e Athletico Paranaense fizeram com que a emissora fechasse com 23,1 contra 10,6 do SBT e 7,6 da Record. Nos dois casos, a audiência foi maior que a das duas principais concorrentes somadas.

A notícia de que a Globo priorizará o futebol em relação à sessão Cinema Especial vem semanas depois de o canal promover uma mudança radical em formato de teste aos domingos. Em vez de transmitir o Brasileirão às 16h, como de costume, o jogo entre Corinthians e Palmeiras foi exibido às 19h.

Oficialmente, a emissora nega, mas o horário alternativo para o futebol é visto internamente como uma espécie de teste, e que foi amplamente aprovado, por sinal. O jogo levantou a audiência da faixa noturna dominical da emissora e ainda impulsionou o Fantástico. Mais cedo, Faustão marcou o mesmo que costuma no horário tradicional.