Gabriela anuncia que tomará atitudes contra comentários de intolerância contra ela no BBB19

Gabriela durante participação no Mais Você  (Foto: Reprodução/Globo)
Gabriela durante participação no Mais Você, hoje (08)
(Foto: Reprodução/Globo)

Após ser eliminada do BBB19, Gabriela anunciou que tomará atitudes contra os comentários de intolerância feitos contra ela durante o tempo em que permaneceu no reality show.

“Vou fazer algumas coisas, principalmente sobre intolerância religiosa. Acho que respeitei tudo lá dentro. Me chocou um pouco”, disse ela durante conversa com Ana Maria Braga no Mais Você desta segunda-feira (08), depois de comentar que viu alguns vídeos polêmicos após sair do confinamento na Globo.

Gabriela ainda comentou que vai conversar com Rodrigo, seu amigo durante a estadia na casa do BBB19, e que também foi alvo de declarações preconceituosas, inclusive dentro do próprio reality, onde Paula disparou:

“Ele [Rodrigo] fala o tempo todo, ele desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso. Ele fala o tempo todo, ele desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso. Mas eu não sou [preconceituosa] não… nosso Deus é maior”, disse.

RODRIGO VAI AGIR CONTRA PRECONCEITO

Rodrigo chora no Mais Você após ser eliminado do BBB19 (Foto: Reprodução/Globo)
Rodrigo chora no Mais Você após ser eliminado do BBB19
(Foto: Reprodução/Globo)

Em entrevista ao Mais Você na semana passada, após ser eliminado do BBB19, Rodrigo declarou que vai agir na Justiça contra as pessoas que fizeram comentários preconceituosos contra ele na web.

O brother afirmou que já acionou advogado para processar quem disparou ofensas contra ele nas redes sociais. “Minha família já entrou em contato com o advogado. A gente vai processar em relação ao racismo religioso. Não cheguei nesse programa para catequizar ninguém. Tem uma perversidade, maldade. Não é só por mim. É por toda uma população que cultua algo e é desrespeitada”, afirmou.

“Não posso me calar de forma alguma. Talvez eu tenha entrado nesse programa para isso. Minha missão talvez tenha sido provocar esse tipo de reflexão. Na maioria das vezes é tudo muito velado. Cada um tem sua crença e isso deve ser respeitado”, desabafou Rodrigo.

“Acredito nesse país e acredito muito. A gente precisa concertar e tirar essas mazelas sociais do tapete”, comentou o brother na ocasião.

Atualmente, há um inquérito contra Paula aberto na Delegacia de Combate a Crimes de Racismo e Intolerância do Rio de Janeiro. Se condenada, a sister pode pegar até três anos de prisão.