Eliminada do BBB19 após ativismo, Hana dispara: “O Brasil não tá preparado”

Hana, a quarta eliminada do BBB19 (Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)
Hana, a quarta eliminada do BBB19 (Foto: Isabella Pinheiro/Gshow)

Hana foi a terceira eliminada do BBB19 e concedeu a tradicional entrevista ao Gshow, site de entretenimento da Globo. Na longa conversa com o site, ela falou sobre os seus planos para o futuro como “ex-BBB” e também comentou sua passagem na casa mais vigiada do Brasil. Militante e sempre disposta a retrucar comentários que considerava inadequados, ela opinou ao dizer que o público ainda não se preparou para esse tipo de atitude.

O Brasil não está preparado. As pessoas estão acostumadas a sentar nos privilégios delas e não levantar. Então, quando vem uma pessoa que quer mexer nisso, principalmente uma mulher, que fala como quer, que responde, a chamam de explosiva. Eu não fiz nada, só fiz o mínimo. Não deixo passar comentário racista, homofóbico ou machista. Se fizer, eu vou debochar da sua cara porque você pagou um mico”, declarou.

Ela ainda comentou as críticas que recebeu do lado de fora e revelou que reagiu a muitas delas com perplexidade. “As pessoas ficam numa fissura por padrão estético, e eu não ligo para isso. Sempre fui motivo de piada e meu cabelo também foi, porque ele é grande e cheio. E não fico na ‘nóia’ de ficar passando a chapinha o tempo inteiro, porque não concordo”, opinou a ex-sister.

É frustrante você ver que as pessoas ficam incomodadas com uma coisa que é tão natural. A beleza é muito efêmera e isso é um atraso da humanidade. Então, o que eu posso fazer? Não posso corrigir tudo mundo”, prosseguiu ela, que se vê como uma apresentadora aqui fora.

Hana do BBB19 no Mais Você (Foto: Divulgação)
Hana do BBB19 no Mais Você (Foto: Divulgação)

Quero voltar a fazer vídeos. Mas desejo investir muito na minha carreira de apresentadora. Estudar, fazer o que for preciso para isso. Me vejo como apresentadora. Aqui na Globo, quem sabe? Se Deus quiser, alguma coisa pode acontecer”, projetou.