Edu Guedes age por baixo dos panos, decide voltar para a Record e inicia negociação

O apresentador Edu Guedes (Foto: Divulgação)
O apresentador Edu Guedes (Foto: Divulgação)

O apresentador Edu Guedes fez sucesso nos primeiros anos do Hoje em Dia, mas acabou sendo dispensado em 2015, quando foi substituído e acabou indo para a RedeTV! com Celso Zucatelli. Agora, segundo informações do Notícias da TV, ele acaba de tomar uma nova decisão.

Edu quer retornar para a Record, apesar de estar com um programa na concorrência, e já tem feito os seus primeiros contatos com a alta cúpula da emissora, demonstrando interesse em voltar a ser contratado, já que possui perfil de “bom-moço” e tem apelo comercial com os anunciantes.

“Vamos nos reunir e falar sobre isso nesta semana”, afirmou um executivo da emissora. Eles já estariam com as conversas avançadas e a sua cozinha cenográfica já estaria em produção na nova velha casa. Só não se sabe ainda se ele retornará ao Hoje em Dia, se ganhará um quadro ou programa solo.

Ele hoje comanda o Edu Guedes e Você na RedeTV!, onde alcança médias na faixa de 1,2 ponto na Grande São Paulo, índice satisfatório para a emissora, mas não para ele, que é disputado por anunciantes e chega a fazer até dez ações de merchandising por dia.

Seu contrato ainda não chegou a ser renovado, mas não por falta de proposta. Ele alega que, antes de assinar, precisa rever algumas cláusulas. Enquanto na Record a sua contratação é vista com bons olhos, na RedeTV!, o clima é de desespero e apreensão.

Edu Guedes (Foto: Reprodução)

Como não há nenhuma amarra contratual em vigor que o impeça de sair, o canal acabará ficando na mão. Ele deixou a Record há três anos de forma amigável, deixando de receber mensalmente R$ 2 milhões, com o objetivo de seguir comandando um programa nas manhãs.

Ele não aceitou ser trocado por Ana Hickmann, Renata Alves e César Filho, juntamente com Chris Flores e Zucatelli, e isso foi motivo suficiente para a sua troca. Agora, tudo indica que haverá essa “destroca”, apesar de ambas as partes não confirmarem a informação. Vamos aguardar.