Detonada, Globo avalia desempenho de Bruna Marquezine em Deus Salve o Rei, aponta motivos e diz o que “acha” da atriz

Catarina (Bruna Marquezine) em cena de Deus Salve o Rei
(Foto: Reprodução/Globo)

Bruna Marquezine chega ao fim de mais uma novela, desta vez de Deus Salve o Rei, a trama que mais a desafiou em toda a carreira dela e também o folhetim responsável pelo maior número de críticas já recebidos pela atriz em um trabalho. No entanto, segundo destacada o site Noticias da TV, apesar da onda difícil que Bruna Marquezine enfrentou, principalmente no começo da novela, a Globo entende que ela não é um a atriz ruim, muito pelo contrário.

Segundo uma fonte ouvida pelo site do jornalista Daniel Castro que não quis se revelar o nome, os motivos para Bruna Marquezine não ter desempenhado tão bem o papel da vilã Catarina são outros: “Ela foi vítima de uma direção equivocada no início”. Para quem não sabe, Fabrício Mamberti, diretor da trama, orientou os atores, inclusive a própria Marquezine, para que fizessem uma interpretação mais teatral. Não deu certo, o público de casa entendeu como algo robótico demais e ele voltou atrás meses depois.

Apesar do impasse, Bruna Marquezine segue sendo considerada uma das estrelas máximas da Globo e já está escalada para a próxima novela das nove, Troia, da estreante Manuela Dias, em 2019. Nada 100% confirmado, mas o que prova que a atriz, que possui quase 30 milhões de seguidores nas redes sociais, segue em alta. Por sinal, a Globo seguirá apostando alto em famosos que possuem forte apelo nas redes como o caso da namorada de Neymar.

Catarina (Bruna Marquezine) em cena de Deus Salve o Rei
(Foto: Globo/Raquel Cunha)

De qualquer forma, Catarina de Deus Salve o Rei é considerado o papel mais difícil da carreira de Bruna Marquezine, que possui apenas 23 anos de idade e fez uma balançou recente do trabalho para o site oficial da trama: “Eu tive muitas oportunidades em cena, de criar algo novo. Isso eu vou sentir saudade, desses desafios da Catarina. Foi um dos maiores desafios da minha carreira”, afirmou.