Ator da Globo, Cauã Reymond fala do uso de maconha e pede a liberação

Cauã Reymond no Conversa com Bial (Foto: Reprodução)
Cauã Reymond no Conversa com Bial, na Globo (Foto: Reprodução/Globo)

Entrevistado por Joyce Pascowitch no Glamurama, Cauã Reymond, da Globo fez revelações polêmicas sobre a vida pessoal. Entre os questionamentos, estavam ainda assuntos de interesse público, como o uso da maconha, por exemplo. Em resposta, o ator surpreendeu ao dizer que é a favor da liberação.

“Acho que tem que ser liberada, sim. Não sou um estudioso sobre o tema, mas tenho uns amigos que falam que é ótimo. Não sei se o Brasil está preparado agora. No futuro, faz sentido”, explicou ele, falando ainda sobre outras questões políticas, como o feminismo e as causas dos grupos LGBT.

“Com o tempo, decidi não ficar dando opinião, mas estou torcendo para as coisas melhorarem. A gente está vivendo um momento muito delicado. Algumas opiniões são muito mal interpretadas. Não só a parte política, mas em relação a tudo, ao feminismo, à questão LGBT”, afirmou.

“O país ficou muito dividido com as eleições. O que mais ouvi foram pessoas saindo de grupos de WhatsApp, famílias brigando. Eu saí de um, porque falaram mal dos meus colegas artistas. Cada um tem direito a sua opinião, mas sou contra a agressão”, disse ainda.

Cauã Reymond no lançamento de Ilha de Ferro no Teatro Riachuelo (Foto: Wallace Barbosa/AgNews)

E sobre a nova série da Globo, Ilha de Ferro, ele comenta: “A série já pegou! Assédio foi a primeira, Ilha de Ferro veio com força total, já é a mais acessada do Globoplay. Estou muito orgulhoso, foi um projeto muito difícil, ambicioso, agrega um drama pesado com vários efeitos especiais”.

Sobre o que é sucesso pra ele, o ator revela: “Paz de espírito. (risos) Ah, me considero um cara que, graças a Deus, conquistou muitos sonhos. Engraçado, depois de um tempo, pode parecer bobeira, mas a grande moeda para mim é meu tempo. Então, eu realmente contabilizo meia hora do meu dia. Você entendeu?”.

Por fim, quanto ao tempo livre, ele revela o que faz: “Faço uma meditação, dou uma malhada, fico com a minha filha, faço dever de casa com ela. Tenho feito muito boxe. E gosto de correr na areia fofa, de nadar… Gosto de fazer exercício. Me faz bem, apura minha cabeça”.