Após polêmica de racismo no BBB19, polícia se envolve e vai abrir inquérito para apurar o caso

Paula e Maycon (Foto: Reprodução/Globo)

O Big Brother Brasil 19 pode não ter aquele roteiro que o público esperava, mas o que não falta é polêmica em torno dessa nova edição do reality. Na web, os internautas acusam alguns participantes de racismo e nos últimos dias até tag no Twitter levantaram. E se por um lado o programa parece fazer vista grossa, por outro a polícia se mostrou bastante atenta.

Segundo o jornal “EXTRA“, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância do Rio de Janeiro, disse em nota que já está tomando as medidas necessárias. “De acordo com informações da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) foi instaurado inquérito para apurar o ocorrido. As investigações estão sob sigilo“, consta em nota.

No centro da confusão, se encontra Paula e Maycon, pois são deles as declarações mais polêmicas. Na última festa da casa, que foi realizada no sábado (9), o vendedor de queijos disse ter sentido um arrepio ao ver Gabriela e Rodrigo dançando uma música de Jorge Aragão, pois ele disse que as canções eram “esquisitas”.

Já a mineira durante uma conversa com Hariany, declarou que sentia medo de Rodrigo: “Eu tenho muito medo do Rodrigo. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior“.

Maycon no BBB19 (foto: Divulgação)
Maycon no BBB19 (foto: Divulgação)