Após beijo gay, autor de Orgulho e Paixão comenta sobre atores e revela se aprovou o resultado

Beijo entre Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller) em Orgulho e Paixão (Foto: Reprodução)
Beijo entre Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller) em Orgulho e Paixão (Foto: Reprodução)

O beijo entre Luccino (Juliano Laham) e Otávio (Pedro Henrique Müller), exibido na última quinta (12) em Orgulho e Paixão, deu o que falar.

A cena foi escrita com muita cautela pelo autor Marcos Bernstein, que queria evitar quaisquer polêmicas com a cena. “Assim como os outros casais, a história deles foi construída com muita delicadeza e carinho. A trama do casal fazia sentido ser contada, no contexto de uma novela que fala de amor em várias maneiras. Orgulho e paixão é uma novela que exala isso, o amor em todas as suas formas”, declarou ele para a jornalista Carla Bittencourt.




Feliz com a repercussão favorável, Bernstein comentou sobre os atores. “Eles se comprometeram em entregar o melhor resultado possível, e isso é muito bom. O Laham é um ator que amadureceu muito na trama, já o Pedro Henrique, que estreou na TV com esse papel, mostrou a que veio. É muito gratificante ver na tela o resultado deste trabalho”, opinou.

Marcos Bernstein (Foto: Divulgação/TV Globo)
Marcos Bernstein (Foto: Divulgação/TV Globo)