Anitta ignora produtor que a descobriu e ele relata ingratidão: ‘Já esperava’

Cantora estreia o Vai Anitta (Foto: Reprodução)

A cantora Anitta está cada vez mais em alta, no entanto, seus antigos produtores lamentam o fato dela ter esquecido todos eles depois que ter chegado tão longe. Foi o que o DJ Batutinha e Rômulo Costa fizeram questão de destacar em entrevista ao UOL, após o documentário Vai Anitta.

Repleto de polêmicas, a série da Netflix acabou esquecendo duas pessoas das que fizeram a carreira da artista emplacar, quando ela ainda pertencia ao mundo do funk carioca, logo no início de sua trajetória. Arrasados, eles se mostraram entristecidos e afirmaram que houve ingratidão.

“Já esperava. O ser humano é ingrato, mas a história está aí e não se apaga. Existem registros como fotos, vídeos, programas e discos e é só ver ou procurar para descobrir onde ela começou a carreira”, disparou Rômulo Costa, dono da Furacão 2000, onde Anitta foi lançada.

Já Batutinha disparou em suas redes sociais: “Larissa, você pode até me tentar tirar da sua história! Mas não tem como negar que eu estava certo. Parabéns pela série no Netflix”. Segundo ele, em entrevista ao portal no mês de março deste ano, Anitta foi descoberta após um vídeo na internet.



Cantora no Vai Anitta (Foto: Reprodução)

“Vi um vídeo dela na internet, cantando duas músicas que eu tinha produzido para outra cantora, a Priscilla Nocetti. Percebi que tinha algo a mais no timbre de voz e na presença de palco e resolvi chamá-la para um teste vocal no estúdio. Ela chegou lá e cantou as músicas que pedi, de um jeito totalmente peculiar, que eu decidi que iria escrever e produzir. Apostei na Larissa”, disparou.

“Eu tinha certeza absoluta que havia encontrado uma popstar! Mesmo dentro do universo do funk”, disse ele. Hoje, a assessoria de Anitta se recusa a falar sobre o assunto.